Resenha Grey - E. L. James

Boa Tarde, Galera.
Fonte: Google Imagens
Hoje será a resenha de um livro que gosto muito de uma trilogia, embora o mesmo tenha tantas criticas negativas, acho ele um bom livro e com algumas informações interessantes a cerca de um tema não explorado, que é sexo sadomasoquista. 
Fonte: Skoob

Título: Grey
Subtítulo: Cinquenta Tons de Cinza pelos olhos de Christian Grey
Autora: E. L. James
Série: Cinquenta Tons de Cinza, V.4
Editora:Intrínseca
Ano:2015
Nº. Páginas:524
Classificação: 5 



 Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

Resenha:
Gosto realmente da história de Christian Grey e Anastacia Steele, embora trate de um romance, que convenhamos não é nada tradicional, tem suas vantagens, pois temos dois personagens que tem de criações diferentes, mais acabam sentido atração um pelo outro.
A versão de Grey é interessante porque conta alguns detalhes que não mostram na versão da Ana, pois ela não tinha como saber, pois passavam na cabeça de Grey, e sem contar que descobrimos que ele esconde muitas coisas dela, mesmo dizendo que devem ser honesto um com o outro.
Fonte: Google Imagens
A relação com Grey é de amor e ódio, pois em algumas situações ele é extremamente irritante com suas ideias. Ele é sim controlador e manipulador, não digo que seja machista, é mais uma questão de ciúme exagerado que ele tem em relação a Ana.
E embora ele diga não ser de mandar flores, bombons e fazer declaração de amor, ele tentar fazer isso por Ana, pois embora ele não saiba ele acaba se apaixonado por ela. E realmente ele não sabe que gosta dela a esse ponto, ele nunca vivenciou isso, e tudo que acontece entre os dois é a primeira vez para ambos.
A Versão Grey é boa porque mostra os pesadelos que ele tinha quando estava com a Ana, os pensamentos e opinião que ele tinha a cerca das situações, mesmo as exageradas, conta os sofrimentos que ele passou quando vivia com a mãe que era prostituta, conta o inicio e alguns momentos da vida dele quando ele foi adotado pelos Greys, que embora tenha sido sua salvação, ele ainda não se sente parte da família, pois acredita que eles são perfeitos e ele não, por exemplo ele aprendeu tocar piano, apenas para agradar a Mãe Grace, mais acabou se apaixonando pelo instrumento.
Grey tem muitas habilidades, e ele realmente se esforça para merecer o que ele conquista, trabalha de verdade, e tenta mesmo fazer o bem para a sociedade, criando novos meios de utilização da energia solar e como diz a Ana maneiras de radicar a fome do mundo.
E também mostrar o sentimento que ele tem relação a ser tocado, a escuridão que ele sente em relação ao toque, e porque eles diz que foi 50 vezes fodido de cinza. Mostrar que ele tenta não perseguir a Ana, pois acha inocente, mas a atração e o sentimento que ele sente é maior. Que ele não se acha digno de ser amado.
Concordo com a Ana quando ela diz que ele foi violentado pela "Mr. Robinson", e vamos combinar que mulher chata, e não larga do pé do Grey. As mulheres realmente babam por ele, pela descrição da autora ele é lindo, mais se considera apenas uma rosto bonito e que o interior não vale nada.
Outro fato interessante é que mostra o que ele realmente quer fazer com ela, ou seja as partes do sexo sadomasoquismo como realmente é. E também a autora mostra o carater de Grey e seus ideias, que embora seja "bruto" tem sentimentos e que acaba nutrindo por Ana e até mesmo ama a familia, mas não demostra.
Grey tem seus defeitos assim como todos nós seres humanos acaba extravazando, mesmo com todo seu controle.
Só posso dizer que gostei muito da versão do Grey e ansiosa pelo segundo livro.
Recomendo a todos e boa leitura.
Beijos e até mais.
Fonte: Google Imagens

Comentários