O que achei de Os 13 Porquês? e semelhança com outros livros

Boa Noite, Galera!!!

Fonte: Google Imagens
Se meu amor fosse um oceano, não haveria mais terras.
Se meu amor fosse um deserto, você só enxergaria areia.
Se meu amor fosse uma estrela – tarde da noite, luz apenas.
E se meu amor pudesse criar asas, Eu estaria voando nas alturas.

(Poema de Hannah do livro os 13 Porquês do autor Jay Asher)
        Hoje estou aqui para adiantar minha opinião sobre o livro Os 13 Porquês? livro que foi escolhido para debate no ciclo de leitura o qual estou participando. 
Irei fazer algumas comparações com outros 2 livros que li sobre o mesmo tema que foram A Playlist de Hayden e Por Lugares Incríveis.

 1º História interessante e triste, porque falar de suicídio é um tema polêmico.

2º Conheço pessoas que fizeram isso, e todos ficamos sem saber por quê? Acho que o que a personagem Hannah fez, foi até legal, pois assim todos souberam os motivos que a levaram a isso.

3º Com este livro é o 3º este ano que leio sobre esse tema (A Playlist de Hayden e Por Lugares Incríveis). E que me fez pensar e pensar muito nas nossas atitudes e palavras que soltamos e falamos para as pessoas ao nosso redor.

4º Os 13 porquês? Fez-me refletir o quando nós damos importância para os boatos e a partir deles criamos o caráter de uma pessoa, e não damos nenhuma oportunidade de conhecê-la de verdade, ou apenas deixar ela se defender.

Que quando nos sentimos magoados ou feridos, queremos ferir também as outras pessoas. Que atitudes “simples” como a questão da placa PARE, pode fazer grandes estragos na nossa e na vida dos outros.

Que muitas vezes vemos atitudes erradas e deixamos de denunciar com medo, ou apenas não ligamos porque não somos nós ou pessoas que gostamos. (Fiquei pensando, qual foi à atitude da Jéssica Davis, após ter sido estuprada), será que ela mudou, ou apenas seguiu em frente com a dor pelo que passou e não contou a ninguém.

Será que realmente todos os personagens envolvidos conseguiram seguir em frente com a consciência, ou Hannah conseguiu algo e mudou suas atitudes, será que realmente pararam um momento para refletir no que tinham feito. Para nós algumas coisas foram apenas brincadeiras de mau gosto, mais penso que são essas pequenas coisas que acabam tornando a decisão final.

A verdade é que todos sempre aguentam muita merda dos outros, mais alguns encontram outras maneiras de aliviar a pressão e toda a raiva e angustia que sente, as dores que passamos no dia a dia, mas nem todos tem uma via de escape, e por isso não sabem lidar com todas as merdas que passam. A pessoa sofre sozinha, chora escondido e silencioso para não alarmar alguém, porque não pode dizer o que realmente esta pensando.

            Acredito que foi o que aconteceu com a Hannah, Hayden (A Playlist de Hayden) e Theodore (Por Lugares Incríveis), todos chegaram a um ponto que não sabiam mais o que fazer, a não ser tirar sua vida, e conseguir calar todas as outras vozes que faziam barulho em suas cabeças. Há momentos na vida que não importa o que aconteça nada te alegra ou é novidade que faça você vibrar e querer lutar por sua vida.

            Acredito sim que Clay poderia ter feito alguma diferença caso tivesse a coragem de ter falando com a Hannah antes, ou apenas ter demonstrando que gostava dela, porque acredito que todos querem apenas uma pessoa que realmente se importe com ela, porque mesmo que demonstremos ser fortes precisamos de um abraço e apoio verdadeiro.

E galera confesso que chorei com os 3 livros, neste especificamente chorei juntamente com o Clay porque realmente ele sofreu, é difícil saber que talvez você pudesse ter mudado algo, mas agora não tem diferença.  E ainda estou com vontade ao escrever isso, porque não paro de pensar que nós seres humanos somos bestas e mesquinhos, e fazemos as coisas sem nos importar com os outros (especificamente os sentimentos), que não medimos nossas palavras, e também estamos sempre querendo fazer parte de um grupo e menosprezamos os outros e sua maneira de ser, porque precisamos sempre definir um padrão (Ex. Beleza). 
Conclusão final é que todos devemos repensar nossas atitudes e forma de falar, ou até mesmo repassar boatos sobre alguém sem antes dar a oportunidade da pessoa se defender.


Beijos e até mais!!

Comentários

  1. Meu livro acabou de chegar, lendo seu resenha fiquei um pouco mais curiosa para lê-lo.

    Indiquei seu blog para um prêmio, acho que ele realmente merece muito. Bjss

    Link para a postagem a respeito de Prêmio : http://bibbibokkens.blogspot.com.br/2016/03/premio-dardos-finalmente-as-minhas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi meu bem, muito obrigada!!!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha,é um livro simples, mas que realmente nos faz refletir bastante.
      Obrigada pela indicação. Estou um pouco enrolada mais pretendo voltar a postar resenha, já que li 36 livros esse ano.

      Boas Leituras!!!

      Excluir

Postar um comentário