Sr. Daniels - Brittainy C. Cherry

Boa Noite, galera!!!

E o ano começou bem, consegui ler dois livros já (haha). E sobre esse livro, fiquei um pouco arisca com ele, pois é da mesma autora do livro O Ar que ele respira, e eu não gostei muito, embora foi uma boa leitura, esperava mais dele.
Quando escolhi o Sr. Daniels para ler pro desafio, não fui com muita sede ao pote, e ele me surpreendeu. 

Fonte: Skoob

Título: Sr. Daniels
Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Ano: 2015
N. páginas: 322
Classificação: 5


Sinopse: Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Resenha: 

A história fala sobre Ashlyn Jennings,  de 19 anos que acaba de perder a irmã gêmea para o câncer, e Ashlyn sabe o que é isso, pois na infância passou pelo mesmo problema, porém se curou e mantem uma vida saudável. 
Ashlyn era a gêmea calada, que adorava ficar no seu mundo de fantasia descrita nos livros, e que tem o sonho de ser uma escritora. Mas Ashlyn ver seu mundo se perder com a morte da irmã, que era sua única amiga, e agora sua mãe não a quer em casa, e a manda morar com seu pai, o qual ela mantem um ressentimento de anos por ele, pois abandonou elas por outra mulher. 
Mas Gabby deixou várias cartas para Ashlyn, ao qual ela deve cumpri uma lista, para poder abrir as cartas, e isso é como se a irmã estivesse ao lado dela e dando forças para ela superar.
"As pessoas sempre dizem que, com o tempo, tudo vai ficando mais fácil quando se perde alguém. Diziam que, com o tempo, ia melhorar. Mas eu não conseguia entender como isso poderia acontecer. A cada dia, tufo só se tornava mais difícil. O mundo só ficava mais escuro. A dor apenas se aprofundava. p. 36"
Mas como ela, não pode fazer nada, vai de trem Edgewood, para ficar com o pai, e vai ser um surpresa, pois ela conhece Daniel, um henino-momem ( a mistura de menino e homem , que Ash, acha que ele é), mas de belos olhos azuis, e que ainda sabe citar Shakespeare de cor. A ligação entre eles é imediata, mas ao chegar no final da viagem se separam, mas Daniel a convida para ver a banda dele chamada Romeo's Quest, que inicia todos os capítulos do livro, com uma canção maravilhosa. 
"Gosto de como você mente,  Quando peço para ficar. Gosto de como flerta, Quando preciso me afastar." 
Daniel é uma jovem de 22 anos, que já passou por alguns traumas em sua vida, mas que tentar superar, através da sua banda e das suas aulas de inglês avançado que dar, o qual ama, pois adora literatura.
"Não importa o que aconteça, não importa quantas vezes você lide com ela, a morte não fica mais fácil. p. 49"
Ashlyn logo descobre que o pai, tem uma nova família, e ainda por cima tem dois enteados, e que terá que dividir o quarto com Hailey, que ainda chama Henry, pai de Ashlyn de pai e ainda e vai ter que conviver com Ryan irmão de Hailey. Ashlyn fica ainda mais ressentida do pai, por ver fotos dele com os enteados e nenhuma dele com ela e a irmã.  Mas Ashlyn vai descobri que a vida guarda grandes surpresas para ela, pois vai encontrar nos dois uma amizade inesperada, além de descobrir que cada um tem seus problemas para enfrentar, Hailey um namorado safado e Ryan sua orientação sexual, que esconde de todos. 
"Fingir ser feliz é quase como ser feliz, Até você lembrar que é apenas fingimento. Então você fica triste. Realmente triste. Porque usar uma máscara todos os dias da sua vida é a coisa mais difícil do mundo. E depois de um tempo, você tem um pouco de medo porque a máscara se torna você"
Ashlyn vai ao bar, escutar a banda de Daniel, e depois acabam por sair, o qual fortalece a ligação entre eles, e percebem que ambos é a "salvação do outro", mas a noite chega ao fim. E quando se inicia as aulas, qual a surpresas dos dois ao descobrir que Daniel, é Sr. Daniels, e vai ser o professor de Ashlyn. Ambos não sabem como agir, e acabam por tentar se afastarem, mas é um plano que não dar muito certo, pois a ligação entre eles é forte, e então começam um romance as escondidas, e que a cada dia mostrar a força do amor e de se viver cada dia, mesmo com a dor de ambos.
Os dois terão que enfrentar alguns obstáculos para ficarem juntos. Será que vão conseguir?
"Eu não disse que seria fácil. Só disse para ir em frente. Além do mais, as melhores coisas da vida não são fáceis. Elas são difíceis, são cruas e dolorosas. Isso torna a chegada ao destino final muito mais interessante. p. 65"
Esse livro, é simplesmente perfeito, é uma daquelas histórias, que te prende e só te faz largar o livro quando você acaba de ler, e depois ainda tem vontade de voltar e reler de novo.  A escritora fala de dores tão reais, de uma maneira sincera, pois a dor da perda é um trauma, e as pessoas superam de maneira diferente. Assim como cada um tenta enfrentar seus problemas da melhor maneira possível, como é o caso de Ryan ( um personagem maravilhoso, que merecia sua própria história). A história ainda mostra, que nem sempre tudo é como imaginamos, e que as vezes você dar a oportunidade da outra pessoa falar, vai descobrir coisas interessantes. 
Todos precisam ler esse livro, ele é cheio de reflexões interessantes, e com frases fortes, que te tocam.
"Coisas terríveis aconteceram na minha vida. E eu venho percebendo que se não dizemos o que precisamos dizer quando temos chance, acabamos nos arrependendo depois. Mesmo se estiver zangada, diga. Grite para o mundo, enquanto ainda tem uma chance. Porque uma vez que a vida passa, essa oportunidade não volta. E as palavras não ditas também se perdem para sempre".
Beijos, até mais!

Comentários